Anúncios dos novos Twisted Toys destacam como as Big Tech devoram os dados de crianças

Cat Zakrzewski

com Aaron Schaffer


Conheça Share Bear, o brinquedo que sabe tudo sobre você... e depois o vende para bilionárias empresas de tecnologia.


Este companheiro fofinho, mas assustador, faz parte de uma nova campanha lançada no final desta semana chamada "Twisted Toys", que busca aumentar a conscientização sobre as formas como as empresas de tecnologia se aproveitam dos dados infantis. Os comerciais, otimistas a princípio, parecem com os veiculados durante os desenhos animados das manhãs de sábado, mas rapidamente tomam um rumo sombrio. Eles distorcem brinquedos infantis familiares com características perigosas e viciantes, comuns em toda a Internet.


O Share Bear, com uma câmera no lugar de um dos olhos, tem como objetivo destacar a exploração dos dados. Outro anúncio do “Stalkie Talkie” anuncia um walkie talkie de plástico brilhante e alerta sobre os riscos de crianças se conectarem com adultos estranhos online. Há até um ponto para uma luz noturna para garantir uma atenção 24 horas por dia.


Os brinquedos apresentados nesses anúncios não são reais, mas destacam as atuais preocupações sobre como os produtos tecnológicos afetam as crianças.


A campanha é apoiada pela 5Rights, uma fundação que defende os direitos digitais das crianças dirigida por Beeban Kidron, membro da Câmara dos Lordes britânica. Ela apoiou a regulamentação que protege crianças do Reino Unido no ambiente digital e agora está trabalhando com organizações dos EUA para trazer essa luta para o outro lado do Atlântico com esta nova campanha.


“Os Twisted Toys reconstroem a imagem das normas do mundo digital nos brinquedos tradicionais e diz: ‘Está tudo bem?’”, Disse Kidron em uma entrevista. “E eu assim desafio qualquer um a dizer que qualquer um desses brinquedos é bom.”


5Rights está trabalhando com Common Sense Media, Campaign for a Commercial Free Childhood, Center for Digital Democracy and Parents Together na campanha, que será lançada oficialmente na quarta-feira.


Os anúncios buscam mostrar o quão absurdo seria pegar um jogo ou bicho de pelúcia no corredor de brinquedos se ele viesse com os riscos conhecidos de serviços como YouTube, TikTok, Instagram ou alguns videogames. Os anúncios não se concentram em nenhuma empresa de tecnologia individual, mas sim nos problemas mais amplos do setor de rastreamento, exploração infantil, assédio online e tempo excessivo de exposição a telas.


Kidron conseguiu obter o apoio de todos os partidos na Grã-Bretanha para aprovar uma emenda que se tornou o Age Appropriate Design Code, que pretender dar às crianças menores de 18 anos melhores proteções online. Agora ela diz que é hora de os legisladores dos EUA tomarem medidas semelhantes, especialmente porque as regulamentações nos Estados Unidos podem ter consequências de longo alcance sobre como os gigantes da tecnologia americanos operam em todo o mundo.


“Se a América está de volta, você precisa fazer isso”, disse ela.


A campanha surge em meio a um esforço mais amplo nos Estados Unidos para proteger as crianças online.


Membros de ambos os partidos políticos têm demandado cada vez mais uma regulamentação mais forte para proteger as crianças no ambiente digital, especialmente porque as crianças passam mais tempo em frente às telas, pois a pandemia impôs a educação e a socialização online.


A deputada Lori Trahan (D-Mass.) elogiou a campanha Twisted Toys em um comunicado. Como mãe, ela disse que está muito familiarizada com as preocupações destacadas pelos anúncios e que é hora de as empresas criarem produtos tendo em mente as necessidades das crianças.


Trahan disse que o Age Appropriate Design Code, que entrou em vigor no ano passado, está tendo um grande impacto e é hora de os Estados Unidos seguirem o exemplo.


“É hora de os Estados Unidos e o resto do mundo se atualizarem”, disse ela em um comunicado.


Tradução livre de matéria publicada no Washington Post em 21 de junho de 2021 com o título “New Twisted Toys ads highlight how tech giants prey on children's data”. Disponível em https://www.washingtonpost.com/politics/2021/06/21/technology-202-new-twisted-toys-ads-highlight-how-tech-giants-prey-children-data.


Imagem de capa: 5Rights


Site da campanha

90 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo